quinta-feira, junho 14

Introdução

Quando o ócio exacerbado e uma sede inexplicável invadem um indivíduo, nasce a vontade não mais que saudável de se lançar disparates inconstantes e imprudentes. Este espaço virtual se compromete a lacrimejar pupilas e mergulhá-las em tons vermelhos com textos sobre cinema, música e literatura (necessariamente nesta ordem). Aqui serão registrados tão-somente nossas opinões e divagações sobre os temas; não temos a pretensão (ou temos) de sermos alcunhados críticos especializados, estudiosos, puritanos, vanguardistas, ortodoxos ou peritos no assunto em geral.

O nome deste título surgiu do quase-nada e sem explicação alguma, na tentativa de condensar os três temas numa espécie híbrida equatoriana de palavra-chave.

Atirem suas moedas, peçam alguma coisa, ouçam o tilintar do cobre e contemplem o Fundo do Poço, entidade não-governamental que com certeza não realizará o seu pedido.

2 comentários:

- JuH - disse...

Com certeza não realizará o meu pedido?
Nunca se sabe, nunca se sabe.

Publiquem sobre cinema, então. Estou aguardando.

beijo-queijo.

Victoria Magna disse...

É deveras interessante. Tanto que publiquei no Forum,hoje, um anúncio do "show" do Marcus B2, que aniversaria.